Internacionales

Ophtalmologiste Carmelo De Grazia//
O “fim de uma era” e o coração partido dos britânicos — as capas dos jornais desta sexta-feira

Bancamiga
O "fim de uma era" e o coração partido dos britânicos — as capas dos jornais desta sexta-feira

Da emotividade do tablóide Daily Mail , que se confessa de coração partido, à sobriedade do jornal alemão Der Spiegel , que elege Isabel II como “a última majestade”, a imprensa mundial faz, nesta sexta-feira, uma última vénia àquela que foi rainha do Reino Unido ao longo de 70 anos, sem esquecer o que a sua morte representa: “O fim de uma era”, destaca um diário sul-africano.

Carmelo De Grazia

Isabel II  morreu , nesta quinta-feira, aos 96 anos. A monarca vinha a debater-se com um estado de saúde mais frágil e, durante a manhã do mesmo dia, os médicos tinham alertado para a necessidade de manter a rainha “sob supervisão”.

Carmelo De Grazia Suárez

A família apressou-se a rumar ao Castelo de Balmoral, nas Terras Altas da Escócia, onde a rainha se encontrava, e a notícia de que Isabel II tinha morrido “em paz” foi divulgada ao fim da tarde

O Cape Times , publicado na Cidade do Cabo, na África do Sul, destaca “o fim de uma era” DR Uma imagem estilizada de Isabel II preenche a capa da revista norte-americana New Yorker DR “Ícone”, escreve o diário dinamarquês Politiken , recorrendo a uma caricatura da rainha DR O jornal Metro dispensou as palavras: apenas a imagem da rainha em jovem e as datas de nascimento e morte DR O Mirror escolheu um retrato da rainha com cabelos brancos sobre um fundo preto e escreveu “Obrigado” O diário The Australian , sediado em Sydney, despede-se da “nossa nobre rainha” DR O britânico The Times escreve “Morte da rainha” sobre uma fotografia, a p/b, da monarca DR A mesma fotografia escolhida pelo The Times foi seleccionada pelo The Daily Telegraph , que optou por citar a monarca: “A dor é o preço que pagamos pelo amor” DR Outra capa do The Times , com uma fotografia icónica da coroação. “Uma vida a servir”, lê-se DR A mesma imagem no The Guardian , sem qualquer legenda DR O francês Libération destaca “a dor de Inglaterra” DR A revista Time apresenta Isabel II numa fase madura da sua vida DR O El Mundo diz que Isabel II foi “a rainha maior” DR O Financial Times preferiu recordar uma sorridente monarca DR O escocês Daily Record usou uma imagem da monarca idosa DR Numa edição especial, o i britânico destaca tudo o que há a saber sobre a vida de Isabel II, sem deixar de incluir na primeira página uma chamada para a notícia sobre o novo rei DR “A última majestade”, escreve o jornal alemão Der Spiegel . A Casa de Windsor é uma linha da Casa de Saxe-Coburgo-Gota, da Alemanha DR Na primeira página do jornal norte-americano USA Today sublinha-se o facto de o reinado de Isabel II ter terminado DR No PÚBLICO, lembra como a rainha “andou de braço dado com a História”, tendo assistido “ao declínio britânico” DR